segunda-feira, 27 de julho de 2015

Chapecó: Chapecoense 2 x 1 Fluminense - Brasileirão Série A 2015 - 15ª rodada - julho 2015

A Chapecoense confirmou sua força como mandante ao derrotar o Fluminense por 2 a 1 pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro neste domingo na Arena Condá. O excelente resultado permitiu que terminasse a rodada em 9° lugar com 22 pontos, apenas 10 a menos que o líder isolado Atlético-MG. Foi o único catarinense a vencer na rodada. O Santa citou a 15ª rodada em sua edição de 25-26/07/2015.



     A lesão do artilheiro do Avaí, Anderson Lopes, ausente do time há duas partidas, abriu espaço para o técnico Gilson Kleina encontrar novas soluções para o ataque azurra. Para a partida deste sábado, às 18h30min, contra o Atlético-PR, a novidade será a preferência pelo jovem Tauã, de 21 anos, como titular, em vez de Rômulo.
     O Figueira quer se recuperar das últimas três atuações ruins, mas vai enfrentar uma pedreira: o líder Galo, sábado, no estádio Independência.
     Depois de duas derrotas fora de casa, a Chapecoense se agarra ao bom desempenho na Arena Condá e ao retrospecto de invencibilidade contra o Fluminense neste domingo*, Na lanterna, o JEC busca a vitória contra o Santos, na Vila Belmiro.
*Partida realizada em 26/07/2015

Fonte: Jornal de Santa Catarina - Esportes - 25 e 26/07/2015 - p. 25

Bruno Rangel abriu o placar e confirmou a vitória aos 44 do segundo tempo

     No primeiro jogo às 11h em Chapecó teve mateada e churrasco fora do estádio e vitória dentro da Arena Condá. Bruno Rangel marcou os dois gols da vitória da Chapecoense, por 2 a 1, diante do Fluminense. O resultado manteve a invencibilidade dos catarinenses nos confrontos entre os dois times. O Verdão do Oeste foi a 22 pontos e permanece entre os 10 primeiros do Brasileirão.
     O jogo foi aberto e bom de assistir, com os dois times buscando o ataque. O Fluminense assustou logo no primeiro minuto, com Antônio Carlos cabeceando próximo ao gol de Danilo. Dois minutos depois, o goleiro da Chapecoense espalmou para escanteio o chute de Edson. O atacante Fred também levou perigo, mas o chute foi por cima.
     A Chapecoense dava seus contragolpes, principalmente com Bruno Rangel. Na primeira tentativa, o chute foi travado pela zaga. Na segunda, sua conclusão foi para fora. Mas na terceira, o atacante do Verdão não desperdiçou.
     Rangel comemorou muito com os companheiros e teve seu nome gritado pela torcida. Mas a alegria do time catarinense durou apenas dois minutos. O Fluminense foi ao ataque, Danilo espalmou e, no rebote, Edson empatou a partida. E o Fluminense só não virou no primeiro tempo porque o gol de Marcos Junior foi anulado*.
     A Chapecoense ainda teve uma chance de gol, num chute de fora da área de Tiago Luís, mas Diego Cavalieri espalmou.
     No início do segundo tempo, a Chapecoense teve dificuldades em chegar ao gol adversário. O Fluminense começou melhor. Num dos lances, o goleiro Danilo fez boa intervenção no cruzamento de Osvaldo, evitando que Fred marcasse o gol.
     Na sequência, evitou o gol de Marcos Júnior, que recebeu livre dentro da área. Depois foi a vez do volante Elicarlos desviar o chute de Marcos Júnior. o suficiente para que a bola subisse por cima da trave.
     Jean também assustou em cobrança de falta, que passou perto do ângulo da goleira defendida por Danilo.
     Apesar da pressão do time visitante, quem marcou foi a Chapecoense. Bruno Rangel sofreu pênalti, cobrou e fez o gol da vitória aos 44 minutos do segundo tempo. Após o apito final, o jogador Lucas Gomes, do Fluminense, foi expulso.
     Foi a sexta vitória em casa em oito jogos.
*A bolo tocou na mão do atacante.

Fonte: www.diariocatarinense.clicrbs.com.br
Texto: Darci Debona - darci.debona@diario.com.br 
Imagem: Sirli Freitas - Agência RBS

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Chapecó: UNOESC lança Centro de Gestão e Empreendedorismo - julho 2015

A UNOESC de Chapecó lançará, em evento a ser realizado às 19h00 do dia 27/07/2015, o seu Centro de Gestão e Empreendedorismo (CGE). Veja o convite e conheça mais a respeito desta importante iniciativa da UNOESC:



Fonte: www.facebook.com - Centro de Gestão e Empreendedorismo

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Chapecó: Atlético-PR 1 x 0 Chapecoense - Brasileirão Série A 2015 - 14ª rodada - julho 2015

A Chapecoense não consegue se livrar da sina de ser derrotada na casa do adversário. A feliz exceção foi a partida contra o Cruzeiro na 8ª rodada. Com a derrota de ontem por 1 a 0 para o Atlético-PR, ao menos conseguiu terminar a rodada mantendo o 9° posto com 19 pontos, mas vai se afastando mais dos líderes e se aproximando da pontuação dos times da parte de baixo da tabela. Está agora a 10 pontos dos líderes Atlético-MG e Corinthians, e a apenas 6 do Santos, o melhor colocado da zona da degola. Que mantenha o bom retrospecto jogando em casa, diante do forte Fluminense, na próxima rodada.


 
O Verdão do Oeste não conseguiu segurar o Furacão na Arena da Baixada

     Toda a força que a Chapecoense mostra dentro de casa, não aparece nas partidas longe da Arena Condá. Em sete jogos, apenas uma vitória e três pontos conquistados pelo time de Vinícius Eutrópio. E, mais uma vez, o enredo se repetiu na Arena da Baixada diante do Atlético-PR* quando a Chapecoense foi derrotada por 1 a 0.
     O primeiro tempo em Curitiba foi de igualdade, com as duas equipes se revezando no domínio e pressão dentro de campo. No início, a partida era dos donos da casa que aproveitaram a zaga má posicionada e as dores constantes de Rafael Lima para atacar sem medo. Logo aos cinco minutos, um erro impressionante da defesa fez com que Dener tirasse de cima da linha uma ótima finalização de Crysan, enquanto Danilo nem estava na área da bola.
     Do outro lado e na segunda metade, a Chapecoense perdeu um gol também feito com Roger. Hyoran limpou e deixou o centroavante sozinho e na cara dos gol aos 33 minutos. Quase correndo para o abraço com a torcida, Roger mandou uma bomba em cima do goleiro Weverton.
     O desperdício se fez bastante evidente quando aos seis minutos do segundo tempo, Hernane fez a Chapecoense sentir novamente uma derrota fora de casa. Em uma cobrança de escanteio, o meio-campista do Atlético-PR estava completamente sozinho e cabeceou certeiro no primeiro pau do gol de Danilo. Exatamente como o do Avaí na derrota de 2 a 1 na Ressacada.
     A partir do gol, o Furacão aproveitou a força da torcida e foi para cima da Chapecoense. Danilo teve que suar a camisa para defender a meta.
     Na metade do segundo tempo, Vinícius Eutrópio** promoveu duas mudanças e colocou Ananias e Tiago Luís em campo, deixando apenas João Afonso como volante. A ideia era avançar o time e tentar pelo menos o empate. As alterações surtiram efeito e deixaram a Chapecoense com mais posse de bola e chegando com perigo. Ao mesmo tempo, o Atlético-PR se fechou ao tirar um atacante para reforçar o meio.
     Mas apesar da troca de passes, da posse e das várias chances no segundo tempo, a Chapecoense parou em Weverton. Mesmo com o resultado negativo, o Verdão termina a rodada com a melhor campanha dos catarinenses na Série A do Brasileiro.
*Partida realizada em 19/07/2015.
**O técnico da Chape foi expulso por reclamação aos 30' da segunda etapa.

Fonte: www.diariocatarinense.clicrbs.com.br
Imagem: Guilherme Artigas - Agência Lancepress - Disponível em www.diariocatarinense.clicrbs.com.br 

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Videira: SESC Caçador traz a Banda Skrotes ao CEVI - julho 2015

Compartilhamos divulgação recebida do Museu do Vinho de Videira, segundo a qual a cidade  e a região terão a oportunidade de conhecer ou rever, na segunda-feira 20/07, o estilo jazz rock instrumental da banda Skrotes, de Florianópolis. A apresentação ocorre no Centro de Eventos Vitória, em Videira, no contexto do Circuito SESC de Música. 



     Os Skrotes, segundo eles mesmos: Pegue o jazz, misture com o rock, dê uma salpicada com reggae, jogue uns sintetizadores, uma boa dose de funk setentista e uma pitada dos melhores ritmos brasileiros, tá aí, você tem "Skotes". 


Fonte: Museu do Vinho - museudovinho@yahoo.com.br - mensagem eletrônica recebida em 14/07/2015 às 14h36' + www.osskrotes.tnb.art.br

Videira: programação de férias para crianças de 06 a 11 anos no Museu do Vinho - julho 2015

Recebemos mensagem do Museu do Vinho de Videira divulgando excelente programação de férias de inverno para crianças de 06 a 11 anos. Uma ótima oportunidade para aprender coisas úteis de forma divertida e dar um tempo na televisão e no computador. Que a garotada aproveite!



Fonte: Museu do Vinho - museudovinho@yahoo.com.br - mensagem eletrônica recebida em 13/07/2015 - 15h03'

terça-feira, 14 de julho de 2015

Fraiburgo: largada da 7ª edição do Rally Transcatarina - julho 2015

A 7ª edição do Rally Transcatarina teve sua largada em Fraiburgo no dia 16/07/2015. O Jornal de Santa Catarina divulgou notas sobre o tema.


NA TRILHA Duplas começam a chegar hoje em Fraiburgo, ponto de largada do 7º Rally Transcatarina

          Pilotos e navegadores de mais de 170 duplas que vão disputar a 7ª edição do Rally Transcatarina começam a chegar hoje* a Fraiburgo, ponto de largada da prova, marcada para quinta-feira**. E Blumenau não ficaria de fora desse desafio. A cidade será representada pelos blumenauenses Flávio Kath, que terá como navegador Rafain Walendowski, de Brusque, e Renan Medeiros, que competirá ao lado do piloto Acyr Hideki da Silva, de Corupá.
*13/05/2015.
**16/07/2015.
Fonte: Jornal de Sata Catarina - Coluna de Everton Siemann - 13/07/2015 - p. 20
Imagem: Luciano Santos - DFotos - Divulgação

     Pilotos e navegadores que disputam o 7° Rally Transcatarina largaram ontem* em Fraiburgo rumo a Jaraguá do Sul, Patrocinada pela empresa TranspoTech, de Blumenau, e organizada pela SC Racing, também blumenauense, a prova deve incluir a cidade no roteiro em 2016.
*15/07/2015 - de acordo com o site do evento, a largada da prova estava prevista para 16/07.

Fonte: Jornal de Santa Catarina - Coluna de Everton Siemann - 16/07/2015 - p. 28

PELA TRILHA Os mais de 180 carros que disputam a prova rumam para Jaraguá do Sul sábado.

     Sábado* chega ao fim a 7ª edição do Rally Transcatarina. Os mais de 180 carros que disputam a prova vão enfrentar os trechos de trilhas que separam Rio Negrinho de Jaraguá do Sul, ponto de chegada da prova. A dupla formada pelo blumenauense Flávio Roberto Kath e o brusquense Rafain Walendowski está na briga pelo título da categoria Master.
*18/07/2015.
Fonte: Jornal de Santa Catarina - Coluna de Everton Siemann - 18 e 19/07/2015 - p. 27
Imagem: SC Racing - Divulgação

     A 7° edição do Rally Transcatarina encerrada sábado* em Jaraguá do Sul foi marcada pelo equilíbrio. O título da categoria Master, a principal da competição, foi definida pelos critérios de desempate. Ao final dos três dias de competição, a dupla Rone Branco e Enedir Silva Júnior, do Paraná, somou 175 pontos, assim como a dupla formada por Flávio Kath, de Blumenau, e Rafain Walendowski, de Brusque, Mas os paranaenses ficaram com a taça de acordo com o regulamento.
*18/07/2015.
Fonte: Jornal de Santa Catarina - Coluna de Everton Siemann - 20/07/2015 - p. 20

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Chapecó: Avaí 2 x 1 Chapecoense - Brasileirão Série A 2015 - 13ª rodada - julho 2015

O Verdão do Oeste foi a Florianópolis enfrentar o Avaí pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu repetir o feito do Mineirão, única partida que venceu como visitante até aqui. Ainda assim, manteve-se na zona intermediária da tabela, na 9ª colocação com 19 pontos, mas agora está a 10 do líder Atlético-MG. O Santa deu destaque à 13ª rodada apenas em suas edição de 11-12/07.



     A 13ª rodada do Brasileirão marca o encontro dos dois times com as maiores torcidas do país, domingo, no Maracanã.
     (...)





     No clássico regional, domingo às 18h30min, Avaí e Chapecoense se enfrentam pela primeira vez em um jogo da elite nacional. Com 19 pontos, a Chape é a melhor catarinense da Série A, seis pontos à frente do Leão da Ilha. A promessa é de um jogo aberto e com muitas chances.

Fonte: Jornal de Santa Catarina - Esportes - 11 e 12/07/2015 - p. 26

Avaí vence a Chapecoense por 2 a 1 no Estádio da Ressacada

     O embalo da Chapecoense no Campeonato Brasileiro parou no Avaí. Na Ressacada, na noite deste domingo*, o Verdão do Oeste sofreu dois gols no primeiro tempo e não conseguiu reagir. Depois da partida, o meia Cleber afirmou que o principal erro do time alviverde foi ter sofrido tentos no início do confronto, a partir de erros da própria equipe.
     - Foram dois gols que não podia ter tomado. Não foi uma coisa que eles criaram. Tivemos força, reagimos. A resposta deles era o contra-ataque. E não conseguimos o resultado. Se aconteceu o erro, foi algo coletivo. A gente vai procurar corrigir, ter uma semana boa e jogar contra o Atlético-PR. A proposta deles foi o contragolpe. Teve a chance do Neto, do Rangel, não entrou. Tem que levantar a cabeça e buscar corrigir - comentou o jogador, em entrevista à Rádio Chapecó.
     Com 19 pontos, a Chapecoense segue na nona posição da tabela. Na próxima rodada, a 13ª do Brasileirão**, o grupo verde e branco encara o Atlético-PR. O jogo vai ser na Arena da Baixada, neste domingo, às 11h00.
*Partida realizada em 12/07/2015
**É um equívoco, pois trata-se da 14ª rodada.
Fonte: www.globoesporte.globo.com
Imagem: Cleberson Silva/Chapecoense - Disponível em www.globoesporte.globo.com